sexta-feira, 23 de dezembro de 2011



Livro: Draco Saga Vol. 1 O Despertar
Autor: Fábio Guolo
Preço: R$ 29,90
Editora: Alguém sabe? Por favor ;_;
Como Comprar? Tem na livraria do Selo!

Sinopse: Imagine entrar em coma, acordar alguns anos depois e descobrir que sua sociedade e sua cultura estão sendo destruídas por uma praga que se propaga mais rápido do que é possível conter. A praga, porém, somos nós. Humanos, mortais, gananciosos, sedentos por poder e riqueza em um mundo novo. Mundo este já anteriormente dominado por seres de inteligência muito superior que nos permitiram viver em paz em seus domínios por muito tempo. No entanto, não valorizamos a liberdade que nos fora dada. Agora o preço a pagar pode ser alto demais! Compre ou saiba mais em: http://dracosaga.blogspot.com/

Resenha:  

O livro conta a história do Draco (uma espécie de dragão) Dryfr, que acaba hibernando por vinte e nove décadas, e acorda para descobrir que uma praga está ameaçando seu planeta - nós, os humanos.

Francamente, eu esperava mais. Talvez seja a influência da série Crônicas de Gelo e Fogo que eu esteja lendo, mas eu tinha esperanças de que seria tragada em um universo fantasioso com toques do requinte de Tolkien contudo, o Nosso Planeta deixa muito a desejar. Não há descrições precisas das raças e as da geografia costumam se focar somente em um ou dois lugares do enredo.

 A intriga política, que seria também um ponto alto da leitura, também me desapontou. Os problemas são resolvidos com certa facilidade e, em geral, os beneficiados são sempre os Dracos. Confesso que parte de mim acabava torcendo para a raça humana porque os Dracos, ao menos o protagonista e narrador, acabam por ser demais prepotentes e arrogantes, um traço que, felizmente, acaba por diminuir até o final do livro.

Um ponto alto que o livro traz é a crítica contra o fanatismo religioso, mas mesmo isso acaba sendo meio excessivo.



quarta-feira, 21 de dezembro de 2011



Livro: A Morte do Cozinheiro
Autora: Allan Pitz
Preço: R$ 9,90
Editora: Above Publicações
Como Comprar? Tem na livraria do Selo!

Sinopse: A morte do cozinheiro já deve ser considerada uma das obras literárias mais intensas e atuais sobre a dor de cotovelo e o ciúme. De forma singular o autor nos guia sem medo até o amor doente de Luiz Aurélio e as psicoses novas da recente solidão induzida. A derrota do ”eu” exaltado, o abandono, e a morte que pede lugar ao descontentamento puramente egoísta caminham livres. Vemos um jogo de querer e não poder, que desenrola o frágil espírito do ser humano desiludido de amor. Usando a mescla de linguagens necessária em sua abordagem diferenciada, Allan Pitz atormenta os corações abalados neste livro memorável e instigante, fazendo enxergar com outros olhos a parte considerada cruel de uma trágica história romântica.


Resenha: O livro curtíssimo do Allan Pitz me surpreendeu bastante!

"A Morte do Cozinheiro" trata da dor visceral que acomete Luiz Aurélio após o término  de seu relacionamento com Carmen, Luiz procura de todas as formas reatar o namoro, chegando até a alucinar que a vida de sua amada estaria em perigo.

Muitíssimo bem escrito (e um pouco pomposo demais), "A Morte" traz um ângulo novo sobre esse tipo de leitura.

A capa é bem bonita e combina demais com o tema principal do livro.


quinta-feira, 8 de dezembro de 2011



Livro: Lazárus
Autora: Georgette Silen
Preço: R$ 19,90
Editora: Novo Século
Como Comprar? Entrar em contato com a autora pelo e-mail missgette@yahoo.com.br .

Sinopse: Mistério, romance, alta tecnologia, sangue e morte passam a cercar a vida de LauraVargas, museóloga brasileira, após ela aceitar um surpreendente e inesperado convite para assumir o cargo de curadora de arte no The City Museum of Art and Gallery, em Bristol, sudoeste da Inglaterra,a cidade natal da família de seu pai. Disposta a começar uma nova vida ao lado da filha adolescente, Cinthia, Laura se surpreende ao descobrir que nem todos são aquilo que aparentam ser e que a eternidade é muito mais do que um conceito, ou uma simples palavra, quando ela encontra o Lázarus e recebe dele o seu “dom”. Agora, Laura precisa fugir de seus perseguidores, interessados em obter a “cura” milagrosa para todos os males, o dom ofertado pela misteriosa criatura lendária, e que se concentra em seu sangue.


Resenha: O livro da Georgette me surpreendeu bastante. Fiquei com um "pé atrás" assim que ouvi a palavra "vampiro", mas graças, Lázarus foi além das minhas expectativas.

Conta a história de Laura Vargas, que aceita o convite da renomada Clementine Fevré para trabalhar no City Museum de Bristol e se muda com sua filha, Cínthia para a Inglaterra. Tudo ocorre bem até que, em uma festa, conhece o misterioso acompanhante de Clementine, seu irmão, Robert Fevré. Também tem um encontro assustador com uma certa figura de olhos vermelhos, que pode estar relacionada aos misteriosos casos de assassinatos que ocorrem na cidade...

Confesso que não achei o romance entre Laura e Robert muito interessante. Talvez porque esse não seja meu tipo de leitura, mas ao menos ele consegue ser mais real que muito livrozinho de banca por aí. E sim, isso é uma coisa boa!

Em geral, o livro é uma leitura interessante, embora eu ache que a história poderia ser dividida em dois livros ou talvez melhor formulada. Só se descobre os motivos do título do livro depois da metade dele, e é algo meio fantasioso. O final também é deixado em aberto, coisa que odiei a princípio, mas eu não sabia que o livro faz parte de uma série, ou seja, há razões para o final ser do jeito que é.

Livro recomendado para aqueles que querem sair do marasmo da literatura vampírica!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011




Livro: Apátrida
Autora: Ana Paula Bergamasco
Preço: R$39,90
Editora: Todas as Falas
Como Comprar? Tem disponível na livraria do Selo Brasileiro! 


Sinopse: Uma pequena vila na Polônia. Uma menina repleta de vida. Um encontro. Vidas Ceifadas. Sonhos Destruídos. Infâncias Roubadas. As recordações da personagem Irena amarram o leitor na História do Século XX. Baseado no estudo dos fatos que marcaram a época, o palco da narrativa é a conturbada Europa pós Primeira Guerra Mundial, culminando com a eclosão da Segunda Grande Guerra e a destruição que ela provocou na vida de milhões de pessoas. A narradora conduz a exposição em primeira pessoa, e remete o leitor a enxergar, através de seus olhos, o cotidiano a que ficou submetida. É um relato humano, sincero e envolvente que revela a passagem da vida infantil feliz da menina, para o tumulto da existência adulta, cheia de contradições.


Resenha:
Eu não poderia esperar mais da Ana Paula, que tive o prazer de conhecer na Bienal do Livro da Bahia, onde ela lançava o novo livro "João e Maria" (o qual eu espero poder ler ano que vem!). Eu realmente me surpreendi!

O livro se passa em uma das piores tragédias da Humanidade: o Holocausto. Irena nasceu na Polônia e enfrenta dificuldades desde a infância, quando uma de suas irmãs morre. Mas é também quando ela conhece Jacob, um menino judeu que seria fonte de suas forças e esperanças para o resto da vida.

Posso parar um momento e admirar essa mulher? Com todas as desgraças que acontecem a ela, Irena ainda é capaz de se levantar e ajudar seus protegidos! Uma pessoa com menos força de vontade com certeza teria sucumbido às provações e desistido. Eu acredito que parte dessa coragem veio dos sentimentos que ela nutria por Jacob. Mas lembrando que este livro não é romance e que, uma pena, o destino deles está fadado a se desencontrar.

Recomendo o livro para aqueles interessados nesse período fascinante e amantes de fortes personagens femininos!