segunda-feira, 9 de maio de 2011

[Resenha] [BookTour Selo Brasileiro] Irresistivelmente Fatal







Livro: Irresistivelmente Fatal
Preço: R$ 19,00 (livro + frete)
Editora: Zum
Como comprar? Com o autor: marcioscheibler@ibest.com.br


Sinopse:  Uma festa. Uma linda mulher. Sexo. E por fim, sangue. O jovem Leandro Biavatti pertencia a uma família rica e sempre estava acompanhado de belas mulheres. Evitava envolvimento sério com qualquer uma delas, pois sempre achava que estavam com ele apenas por interesse financeiro. Mas uma noite de êxtase na vida dele torna-se macabra, pois sua vida terminaria ali, em sua própria cama. Um crime misterioso, depravado e assustador. Seu melhor amigo, Rodrigo, aciona seu tio detetive, Otávio Medeiros, para tentar resolver esse caso enigmático. Ao longo da trama, acontecimentos e informações incríveis surgem e uma história fantástica vem à tona. Aliando erotismo e mistério, IRRESISTIVELMENTE FATAL relata sentimentos e atitudes muito presentes em nosso cotidiano, de um ponto de vista trágico e racional.


Resenha:

Primeiro livro do BookTour do Selo Brasileiro! 



Como podem ver, a capa é bonita. Combina com o estilo do livro. Aliás, o livro em si é portátil! É bem pequeno, chegando a ser menor que um pocket book. Tanto que quando veio o envelope, mal acreditei que tinha chegado um livro pra mim.







A história é uma mistura de mistério policial com suspense, com um mistério intrigante. Tinha tudo pra ser um romance bom, mas infelizmente, a narrativa do autor não é tão cativante.


Foram poucos os erros de gramática (na verdade, acho que só vi unzinho de digitação pro final da história) mas não é um bom dicionário que faz um autor.


Há poucas descrições no livro, então você fica levemente perdida nos ambientes - seja nas baladas que os protagonistas frequentam em busca do assassino, seja na casa dos próprios personagens - mas notei que sempre a história parava pra descrever a roupa (e o corpo) de alguma mulher, seja ela importante para a trama ou não.


Os personagens não são cativantes. Não são profundos. Cada um tem sua meta, mas é só isso. Apesar de Rodrigo ser um jovem cursando medicina, ele acaba agindo como um Watson para seu tio Otávio. Quase achei que ele ia soltar a infame frase, mas graças a Deus não chegou a esse ponto.


Aliás, esse livro segue bem a linha "Holmes" de mistério. É quase impossível saber quem é o assassino, a não ser por uma dica que não faz sentido nenhum no começo da trama. Quem gosta de não pensar durante esse tipo de livro ficará bem.

Mas, fora isso, não é ruim. É perfeito, por causa do tamanho e tema, para aquelas longas filas de supermercado ou de banco.


Até a próxima resenha~!



2 comentários:

  1. Nosssssssssssaaaaaaaaaaa
    Uma resenha sincera? KKKK...


    Não li o livro, nunca ouvi falar do autor, então só poderia opinar após ler, mas concordo que um livro necessita, acima de tudo, ter uma historia cativante e incrivel. Precisamos de um enredo. O que eu vejo, em mtos textos, é um autor achando q o leitor é um genio, capaz de decifrar o que vai na sua mente. Isso não é verdade, um autor precisa explicar o leitor o ambiente, detalhar isso.

    Se descreve tão bem partes do corpo feminino, talvez seja um livro que agrade mais ao publico masculino!

    ResponderExcluir
  2. Sinceridade é a marca da Lu! =) huahuahuaa...

    Concordo com tudo que a Josy disse aí em cima, e adorei a sua frase "não é um bom dicionário que faz um autor", achei perfeita!

    Aguardo ansiosa pela próxima resenha. Bjos!

    ResponderExcluir